Gincana Cultural A Hanseníase tem Cura. O Preconceito também!Visão micro e macro da VIDA!


Boa tarde! Boa noite!  Bom dia!

Depois de alguns dias sem escrever aqui, estou voltando, apesar de ter alimentado 3 outros blogs nesse período, http://correrpelaaguacascavel.wordpress.com/,

 http://gincanahanseniase2012.wordpress.com/ 

e também alguns posts no Mundo da Corrida

 http://blog.mundocorrida.com.br/corrida-2/o-mundo-da-corrida-e-as-suas-historias   esse aqui é o meu cantinho!

Hoje vou escrever sobre uma experiência fantástica que o meu trabalho proporcionou-me esse ano, a realização da Gincana Cultural A Hanseníase tem Cura. O Preconceito também.

Sou professora ha 20 anos, mas desde o início de 2011 estou fora da sala de aula, passei a trabalhar no Núcleo Regional da Educação de Cascavel com projetos educacionais.

No ano passado tive a felicidade de conhecer Artur Custódio, Coordenador Nacional do MORHAN – Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase http://www.morhan.org.br/?morhan-nacional  e começamos a pensar em uma atividade que envolvesse a saúde e a educação.

Não só por fazer mais uma atividade e sim, pelos dados estatísticos de novos casos da Hanseníase no mundo, no Brasil e na nossa região oeste do estado do Paraná, e  também pela falta de informação sobre a doença e toda a história que a envolve.

Preciso dizer que até aquele momento eu, educadora há tanto tempo, o único  conhecimento que tinha a respeito da doença não passava de que ela é contagiosa e que foi considerada um castigo. Fiquei de fato, surpresa com toda a história de isolamento tanto das pessoas que tinham a doença como dos filhos desses, que foram retirados do convívio de suas famílias ao nascerem.

Perguntei-me várias vezes como pude ficar alheia a toda essa história? Como nunca ensinamos nada sobre isso na escola?

Vários foram os motivos que me motivaram a ”pensar” em uma ação.

Em janeiro, mas especificamente dia 10, tivemos nossa primeira reunião, com Artur Custódio e representantes da saúde em Cascavel.

Primeiro passo dado.

Depois em março, fizemos o lançamento da nossa Gincana Cultural.

Foi uma experiência nova para todos, eu nunca havia organizado algo assim, com esse tema, nesse formato.

Recebemos 36 inscrições ou seja, 36 equipes de 14 municípios, 1000 pessoas  (estudantes e professores) envolvidos diretamente na nossa atividade.

Encerramos oficialmente a Gincana no dia 16 de maio, porém continuamos com outras atividades.

Foram dois meses e meio de muito aprendizado, de muita emoção, de muita interação com os professores e estudantes, com pessoas do Brasil inteiro, pois como desenvolvemos uma ação com um movimento social o MORHAN, nosso leque de comunicação foi extraordinariamente grande.

A cada tarefa recebida, um comentário feito, era uma emoção, chorei muitas e muitas vezes lendo os relatórios dos nossos professores, vendo as fotos das atividades que desenvolviam e, dividia essa alegria e emoção com todos no facebook, por e-mail, por telefone…

Aliás, escrevendo agora aqui nesse fim de domingo, as lágrimas insistem em cair também….

Minha amiga Déborah, diz que meu signo é Água (aquário) por isso choro com tanta facilidade..rsrsr

Quando fui convidada para trabalhar no Núcleo da Educação, pensei muito, exitei, afinal se pesarmos prós e contras, só temos contra.

O salário não aumenta, trabalha-se hora relógio, ou seja, de segunda à sexta, 8 horas, enquanto em sala de aula, temos 20 horas por turno, com 4 horas atividade. Não tenho que preparar aula, mas preparo, no meu caso, projetos e outras ações.

Mas vi uma possibilidade que estando em sala ou somente num colégio, não via.

Poder realizar ações para um público muito maior, conhecer uma outra realidade, vislumbrar outras soluções, enfrentar outros desafios.

E isso tenho conseguido.

A visão que se tem estando no NRE é macro  enquanto em sala ela é micro.

O campo de aprendizado é infinitamente maior e lógico, é assim que acontece quando adquirimos mais conhecimento, quando fazemos um novo curso, uma nova viagem, lemos mais um livro.

Organizar essa Gincana possibilitou-me uma visão ainda mais MACRO, porque sai do campo da educação e fui para a saúde, sai de CASCAVEL e região e interagi com o Brasil todo.

Interação essa de conhecimento, de amor, de cumplicidade, de respeito, de alegria e de tristeza, mas acima de tudo de AMIZADE.

Todos os projetos que tenho coordenado têm contribuído para o meu engrandecimento como profissional e como pessoa, mas especificamente a Gincana, não é algo que tem data para terminar, pois o tema Hanseníase e tudo o que a envolve assim como as pessoas que comecei a ter contato por conta desse projeto já fazem parte da minha vida  e  como voluntária desse movimento fantástico que é o MORHAN,  continuarei a dedicar todo o meu esforço para somar com essa causa.

Só agradeço imensamente o carinho de todas essas pessoas!

Sempre fui de aceitar desafios!

Acredito que nós nem imaginamos o potencial que cada um de  tem dentro de si.

Eu prefiro sempre pagar para ver! Prefiro tentar, e olha, na maioria das vezes tem dado certo, porém, se não der, tentarei quantas vezes forem necessárias até conseguir.

As férias estão iniciando! Vou dedicar boas horas ao MORHAN.

E isso me deixa feliz.

Sempre quis me dedicar a um trabalho voluntário, mas nunca me senti  animada!

Tudo tem um tempo, não é? Esse é o momento.

Que a sua semana seja proveitosa.

Fique com Deus.

Beijo grande.

Aqui você pode ver algumas fotos da nossa Gincana.

https://picasaweb.google.com/106150099454930906200/GINCANACULTURALAHANSENIASETEMCURAOPRECONCEITOTAMBEM

Sobre marciafontanella

Sou professora de Língua Portuguesa na cidade de Cascavel- Paraná. Leciono a 19 anos.Sou Pós-Graduada em Língua, Literatura e Ensino.No ano de 2011 comecei uma nova etapa em minha vida profissional, fui convidada para trabalhar no NRE -Núcleo Regional da Educação no NAIPE - Núcleo de Ações Pedagógicas Integradas. Estou levando minhas ideias, meu conhecimento, minha criatividade e dinamicidade a todas as escolas. Um novo desafio! Sou mãe de duas meninas lindas!Adoro ler, ver filmes, seja em casa ou no cinema. Sou corredora. Ano passado me propus a correr a SÃO SILVESTRE, e assim o fiz em dez. passado. Amo a vida e tudo o que ela tem, sejam coisas boas ou não. Acredito que estamos aqui na Terra para evoluirmos, tento ser cada dia melhor!

Publicado em 08/07/2012, em educação, SAÚDE e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: